Alunos e Autarca de Vila Franca de Xira integram cerimónias da Libertação do Campo de Concentração de Mauthausen

9 Maio 2024, 17:51 Não Por Redacção

Um grupo de 22 alunos da Escola Secundária Prof. Reynaldo dos Santos, acompanhados pelo Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Fernando Paulo Ferreira, do Diretor do Museu do Neo-Realismo(MNR), David Santos, do Diretor do Agrupamento de Escolas Prof. Reynaldo dos Santos, Luís Fernandes, dos investigadores do Instituto de História Contemporânea, António Carvalho, Ansgar Schaefer e Cristina Clímaco, da técnica do serviço educativo do MNR, Lídia Agostinho, participaram no passado domingo nas Cerimónias evocativas da Libertação do Campo de Concentração de Mauthausen, na Aústria. s.

A participação desta delegação resultou de um projeto de parceira da CMVFX/MNR com o Instituto de História Contemporânea da FCSH/Nova de Lisboa, que visou promover um concurso sobre o Holocausto, sob o tema “Vítimas Portuguesas do III Reich”, junto de alunos do Ensino Secundário, do 10º ano, 11º ano, ou 12º ano, da área de História, Cultura e Artes, no ano letivo 2023-24. Esta iniciativa decorreu do Projeto Internacional FORCED, cuja equipa de investigadores é composta por Fernando Rosas, Cláudia Ninhos, António Carvalho, Cláudia Clímaco e Ansgar Schaefer, tendo sido promovida em anos anteriores noutros municípios, nomeadamente Loulé, Vila Nova de Famalicão e Sintra.

A viagem e a participação nas cerimónias da Libertação do Campo de Concentração de Mauthausen, na Áustria, teve como objetivo dar a conhecer e sensibilizar os jovens estudantes sobre a mobilização voluntária ou forçada de portugueses anónimos para o trabalho coercivo, durante o período do Terceiro Reich. Pretendeu-se também promover uma reflexão alargada sobre as consequências dos regimes totalitários e manter viva a memória das suas vítimas, estabelecendo um diálogo entre as instituições parceiras e a comunidade educativa do Município.

Este processo culminará com a inauguração, no dia 30 de Novembro, da exposição documental “Resistir! Portugueses e o III Reich”, dedicado ao tema do Holocausto, com a curadoria dos investigadores do Instituto de História Contemporânea da FCSH/Nova de Lisboa, e onde serão apresentados todos os trabalhos que estiveram a concurso.

A exposição estará patente no piso 1 do Museu do Neo-Realismo até 30 Março de 2025.

________________

____________________