Residencial em Salvaterra encobria Lar de idosos de onde foram evacuados 29 utentes com Covid-19

Residencial em Salvaterra encobria Lar de idosos de onde foram evacuados 29 utentes com Covid-19

26 Janeiro 2021, 21:55 Não Por João Dinis

Um surto de Covid-19 num lar ilegal em Salvaterra de Magos, que funcionava sobre o disfarce de ser uma unidade de “Alojamento Local” denominado Residencial Nova Estrela, levou a que as autoridades de saúde, em articulação com a Protecção Civil de Salvaterra de Magos, Bombeiros de Salvaterra de Magos e Segurança Social evacuassem os 29 utentes que se encontravam ainda a residir no espaço, positivos ao novo coronavírus, para estruturas de apoio e retaguarda em Fátima, Setúbal e Lisboa, de acordo com as áreas de residência das famílias.

Dos 34 idosos que se encontravam a residir no Lar, 5 deles tiveram que receber cuidados hospitalares no Hospital Distrital de Santarém, sendo que 2 deles tiveram alta hospitalar e foram já ontem transferidos para o Centro Espiritual Francisco e Jacinta Marto, em Fátima, para onde foram levados grande parte dos 29 utentes positivos à Covid-19 que hoje foram evacuados, numa operação coordenada pelos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos, que contou com o apoio de outras corporações de bombeiros da região.

A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, acompanhou a situação desde o seu início no domingo, fornecendo apoio logístico e alimentar a todos os idosos, bem como esteve integrado no plano de evacuação.

O Presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Esménio, referiu que os utentes que se encontravam no lar, e que foram todos alvo de uma avaliação médica, “dentro do que é possível observar os idosos que vão agora ser evacuados encontram-se bem”, sendo que os que careciam de cuidados médicos foram já evacuados para o hospital no domingo.

Este surto afectou um total de 39 pessoas, sendo 33 utentes, 3 funcionárias, a dona do espaço e um familiar, que testaram todos positivos ao novo coronavírus, num total de 40 testes efectuados.


Lar funcionava em “Alojamento Local” que sofrera incêndio em 2017

O lar sofreu a 16 de Fevereiro de 2017 um pequeno incêndio, que permitiu à Segurança Social identificar aquele espaço como um lar ilegal, funcionava a coberto de um espaço de “Alojamento Local”, que segundo nos relataram alguns residentes na rua onde este se localiza, bem no centro de Salvaterra de Magos, estaria sempre completo, mas ainda assim acolhia sempre idosos de “amigos ou gente que conhecia o espaço como lar”, comenta-nos um dos moradores.

Quem ligava para o alojamento, para marcar um quarto, era-lhe sempre dito que o espaço estava completo”, revela-nos um outro morador, que ao aperceber-se do aparato de meios de socorro questionou o que se estava a passar no lar, pensando mesmo tratar-se de mais alguma situação idêntica à vivida em 2017.

De acordo com o que o Notícias do Sorraia apurou, a Segurança Social havia já em 2018 ordenado o encerramento do espaço, que se mantinha assim, a coberto de uma residencial, a funcionar como lar, que deverá agora ser definitivamente fechado.