CDU com reservas sobre situação na Barrosa ataca PSD

6 Janeiro 2022, 12:01 Não Por Redacção

 

 

A CDU reagiu esta quinta-feira à situação vivida na freguesia da Barrosa, concelho de Benavente, onde após a demissão do Presidente da Junta de Freguesia, se vivem momentos de alguma indefinição no executivo e assembleia de freguesia.

Para a CDU a situação foi provocada pela “ruptura” criada entre os eleitos do PS, o que leva o partido a manter “reservas quanto à solução encontrada pelo PS neste Órgão baseadas nos vários pareceres de entidades competentes, nomeadamente da Comissão Nacional de Eleições (CNE)”.

No entendimento do partido que detém um eleito na Assembleia de Freguesia, a hora é de “manter a serenidade e procurar os consensos possíveis para salvaguardar os interesses da população da Barrosa, e não de acicatar ânimos num aproveitamento infeliz desta situação complexa”.

Refere estes que “o mais importante é o prosseguimento do trabalho dos órgãos autárquicos, pelo que as próximas reuniões continuarão a contar com o empenho, dedicação, sentido de responsabilidade e intervenção construtiva da nossa eleita em prol do desenvolvimento da Barrosa”, acusando ainda o PSD de ‘querer tomar a Junta de assalto’,” saso houvesse verdadeiro interesse do PSD em defender a freguesia e o funcionamento dos seus órgãos, ao invés de querer tomá-los de assalto, o PSD estaria neste momento a trabalhar para que se efectivassem rapidamente as substituições dos eleitos que renunciaram”, concluem.