Tribunal suspende encerramento de lar ilegal em Samora Correia

Tribunal suspende encerramento de lar ilegal em Samora Correia

11 Fevereiro 2021, 22:46 Não Por João Dinis

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria (TAFL) deu provimento à providência cautelar interposta por familiares e proprietária do Lar Cantinho do Sénior, em Samora Correia, depois da Segurança Social ter dado ordem de encerramento ao espaço, por este não reunir “condições mínimas para permanência” dos idosos, após ter ali sido detectado um surto de Covid-19, a 10 de Janeiro, sendo 35 idosos evacuados no dia 13 de Janeiro, para o Centro Espiritual Francisco e Jacinta Marto, em Fátima.

Esta Providência Cautelar, que dará agora sequência a uma acção principal irá, para já, suspender o processo de encerramento, sendo que os familiares de alguns idosos, ponderam já fazer regressar os seus familiares ao Lar Cantinho do Sénior.

A Câmara Municipal de Benavente, enquanto contra-interessada, teve conhecimento da decisão na tarde desta quinta-feira, estando agora a aguardar a pronúncia do juiz, tomada após o prazo para contestação.

Dos 43 utentes positivos ao novo coronavírus, em 44 residentes no lar, 14 acabaram por morrer, alguns no Hospital de Vila Franca de Xira, outros no Hospital de Leiria e outros no Centro Espiritual em Fátima, sendo que os que tiveram alta foram colocados pela Segurança Social em lares de Rio Maior, Coruche e Salvaterra de Magos, sendo que os que ficaram ao cuidado dos familiares, parte deles, acabou por ser alojada em lares ilegais da cidade de Samora Correia.

Para já, a Segurança Social não se pronunciou ainda sobre a questão, sabendo o Notícias do Sorraia, que na origem da ordem de encerramento estiveram as condições em que se encontravam os idosos, muitos deles separados apenas por uma cortina, num espaço amplo, que acomodava cerca de 30 pessoas.