Surto no lar ilegal do Biscainho regista primeira morte

4 Outubro 2021, 16:09 Não Por João Dinis

Uma utente do Lar ilegal no Biscainho, Coruche, onde na passada semana foi detectado um surto de Covid-19, que afecta um total de 12 pessoas, registou este domingo o primeiro óbito.

O agora primeiro óbito confirmado diz respeito a uma utente que se encontrava internada no Hospital Distrital de Santarém, para onde foi levada depois de o seu estado de saúde se ter agravado.

O surto foi confirmado no dia 29 de Setembro, depois de um óbito num utente, com suspeitas de infecção pelo novo coronavírus.

As autoridades realizaram nesse mesmo dia uma acção inspectiva, onde o Delegado de Saúde de Coruche, Protecção Civil e Segurança Social, acompanhados de um médico de clínica geral aferiram as condições existentes no local.

As autoridades investigam também o início do surto, que se suspeita possa estar ligado ao facto da proprietária do lar, que se encontram também positiva e internada no Hospital de Vila Franca de Xira, ter prescindido voluntariamente da vacina contra a Covid-19.