Surto de Covid-19 em Lar ilegal no Biscainho onde proprietária não quis ser vacinada

29 Setembro 2021, 20:03 Não Por João Dinis

Um lar ilegal no Biscainho, concelho de Coruche, debate-se com um surto de Covid-19, onde 10 dos 15 utentes que ali residem testaram positivo à Covid-19, depois de um alerta motivado pela morte de um idoso.

De acordo com o que o Notícias do Sorraia apurou, a morte de um idoso que apresentava “sintomas gripais” no sábado levou a que as autoridades de saúde e a Protecção Civil de Coruche fossem alertadas para o que se confirma ser agora um surto de Covid-19, que também afecta uma funcionária e a proprietária do lar ilegal, que se encontra internada em Vila Franca de Xira.

Na tarde desta quarta-feira, a Protecção Civil de Coruche, acompanhada do Delegado de Saúde e da Segurança Social levaram a efeito uma acção inspectiva, onde verificaram as condições existentes no lar e o estado de saúde dos doentes.

Segundo nos foi ainda possível apurar, a proprietária da estrutura residencial para idosos, que não se encontrava veiculada na Segurança Social terá abdicado voluntariamente da vacinação, suspeitando-se agora que tenha sido ela o veículo transmissor da infecção para os idosos residentes no lar, situação que será averiguada pelas autoridades de saúde.

Dos idosos infectados três deles encontram-se hospitalizados no Hospital Distrital de Santarém, o último transferido esta tarde, após a acção inspectiva.

As autoridades de saúde definem agora uma estratégia de combate ao surto, bem como a identificação de todos os possíveis contactos, de modo a mitigar eventuais cadeias de transmissão.

(Notícia em Actualização)