Supermercado de Marinhais com quase dobro da lotação permitida encerrado pela GNR

Supermercado de Marinhais com quase dobro da lotação permitida encerrado pela GNR

21 Fevereiro 2021, 21:27 Não Por João Dinis

A Guarda Nacional Republicana (GNR) encerrou este domingo, 21 de Fevereiro, um supermercado em Marinhais, concelho de Salvaterra de Magos, que cerca das 12.30 horas, tinha no seu interior quase o dobro da lotação permitida.

De acordo com fonte da GNR, uma patrulha afecta ao posto de Marinhais verificou que o estabelecimento se encontrava com excesso de lotação, tendo no seu interior 56 pessoas, quando a lotação máxima permitida seria de 35 pessoas, tendo em conta a dimensão do espaço.

Ao que o Notícias do Sorraia apurou, o proprietário do estabelecimento, a Maxicompra de Marinhais, foi autuado enquanto pessoa colectiva,”por infracção às regras de ocupação e permanência em estabelecimentos comerciais”, numa coima que pode ir de 2 a 20 mil euros, de acordo com decreto que regulamento o Estado de Emergência, sendo que o empresário foi ainda advertido “para o crime de desobediência caso incorresse na mesma conduta, sendo o estabelecimento encerrado”, referiu-nos a Capitão Andreia Vieira, do Comando da GNR de Santarém.

O empresário foi ainda aconselhado a efectuar a limpeza e higienização do espaço, podendo reabrir normalmente esta segunda-feira.

Refira-se ainda que no mesmo supermercado, foi detectado a 28 de Outubro de 2020, um surto de Covid-19, que afectou cerca de uma dezena de trabalhadores do espaço comercial, sendo na altura realizada uma acção de limpeza e desinfecção do espaço que agora foi encerrado pelas autoridades em virtude da lotação excessiva detectada.