Simulador de última geração prepara equipa de Pediatria do Hospital de Vila Franca de Xira

3 Agosto 2022, 15:34 Não Por Redacção

Um simulador de alta fidelidade adquirido recentemente pelo Hospital de Vila Franca de Xira (HVFX) para o Serviço de Pediatria prepara as equipas para qualquer eventualidade.

De acordo com a unidade hospitalar este trata-se de um manequim único, um simulador de alta fidelidade para formação, que simula um bebé de 1 ano, com cerca de 10 quilos onde se podem treinar diferentes situações clínicas em bebés e crianças. 

“Conseguimos pôr no manequim tudo aquilo que nos pode entrar pela porta dentro”, afirma Florbela Cunha, Directora do Serviço de Pediatria do HVFX. 

Neste manequim podem simular-se alterações de parâmetros vitais, perceber se o doente está bem ou não, se o bebé está a respirar, se há alteração cardíaca, permite pesquisar pulso, sinais de dificuldade respiratória, entre muitas outras condições clínicas.

“Com este simulador é possível simular um doente verdadeiro”, afirma David Lito, Assistente Graduado em Pediatria, que acrescenta a vantagem “de simular situações quase reais e sem risco para o doente”.
“Deram-nos esta oportunidade que considero Libertamos uma sala para ter este simulador sempre montado. Podemos assim fazer uma formação contínua, treinar situações raras que, quando acontecerem, vamos estar mais eficientes e mais rápidos a actuar”, acrescenta.

Para além deste novo simulador, o Serviço de Pediatria adquiriu também recentemente outros simuladores, com características diferenciadas para formação. Nomeadamente, um simulador bebé pré-termo, que representa um bebé de 25 semanas, onde é possível simular uma verdadeira reanimação neonatal e, ainda, manequins parciais, representando bebés de termo, chamados de cabeças de intubação. “Sentimos que o Hospital está a investir, não só em tudo o que é preciso para a assistência clínica, mas também para a nossa formação”, destaca David Lito, sublinhando a importância “do investimento de cerca de 70 mil euros, nestes equipamentos de última geração, e que promovem novas áreas de investigação e diferenciação”.

“Uma mais valia para a nossa formação, para a nossa actualização. Deram-nos a oportunidade de termos um material maravilhoso, revolucionário, mesmo, que vamos partilhar com outros Serviços e até outros Hospitais”, salienta Florbela Cunha, directora do Serviço de Pediatria do Hospital de Vila Franca de Xira.

__________________________________________________________________________________________