Silo explode e provoca incêndio em corticeira em Coruche

25 Maio 2021, 8:12 Não Por João Dinis

Um incêndio num silo de pó de cortiça, ocorrido minutos depois das 3.30 horas da manhã desta terça-feira, 25 de Maio, na Corticeira Amorim, na Zona Industrial de Coruche, obrigou à evacuação de parte da unidade fabril, bem como à intervenção dos Bombeiros Municipais de Coruche.

O alerta foi dado pelas 3.39 horas e de acordo com Luís Fonseca, Comandante dos Bombeiros Municipais de Coruche, à chegada dos operacionais um dos silos encontrava-se tomado pelas chamas, que se projectaram depois para outros dois silos contíguos, o que obrigou a uma intervenção musculada de modo a manter as chamas confinadas aos equipamentos de armazenamento do pó de cortiça proveniente da transformação da matéria-prima.

Um dos silos acabou por explodir, vindo uma das partes a colapsar, sendo que no momento os operacionais procedem ao arrefecimento de toda a estrutura e consolidação do rescaldo, que se deverá prolongar, pelo menos, durante toda a manhã, uma vez que “a temperatura é elevada dentro dos silos e há a necessidade de garantir que não vão existir reacendimentos”, refere-nos o Comandante.

Com o apoio da equipa de segurança da unidade fabril foi feita a evacuação de cerca de uma dezena de funcionários que trabalham naquele sector, sendo que a fábrica de transformação de cortiça continua a laborar.

O incêndio foi combatido por 21 operacionais, apoiados por 9 viaturas, dos Bombeiros Municipais de Coruche.

Da ocorrência, que se encontra a ser investigada pelas autoridades, não há vítimas a registar.