Serviços dos CTT no Couço reabrem segunda-feira

8 Setembro 2021, 12:28 Não Por Redacção

A loja de artigos de caça e pesca onde funciona o serviço de Correios do Couço, numa parceria entre a lojista e os CTT, irá reabrir na próxima segunda-feira, 13 de Setembro, garantiu ao Notícias do Sorraia Ortelinda Graça, Presidente da Junta de Freguesia do Couço, concelho de Coruche.

A vila do Couço esteve privada do serviço de correios cerca de um mês, depois da proprietária do estabelecimento ter sido forçada a encerrar o mesmo na sequência de uma fractura de um membro superior, o que afectou a população, sobretudo a mais idosa, para quem este serviço é essencial para receber os seus vales de pensão, o que levou a Junta de Freguesia a intervir na tentativa de solucionar “mais um problema da população”.

A autarca, que lamenta que por decisão dos CTT a vila do Couço tenha sido privada dos serviços “que deveriam ser públicos”, entregando-os a um privado que não tem as mesmas obrigações que um posto de Correios teria se estivesse a funcionar, como aconteceu até 15 de Agosto de 2011.

Ortelinda Graça salienta que a Junta de Freguesia por si liderada entende que não deve assumir mais este serviço, pois isso iria onerar ainda mais as despesas da Junta de Freguesia “que neste momento não tem dinheiro para realizar todas as tarefas a que está obrigada”, estando sempre ao lado da população a lutar pela melhoria das suas condições de vida.

Ainda assim, a Junta de Freguesia estaria colaborante, para junto dos CTT encontrar um espaço onde estes poderiam instalar um posto de Correios, que até 2011 funcionou num estabelecimento alugado, junto ao Posto da GNR, desde que os Correios de Portugal assumissem a gestão do espaço e dos funcionários.

Ortelinda Graça frisa ainda que apesar de todo o transtorno causado este serviu também para a população tomasse consciência da importância dos serviços públicos e para a necessidade de utilizar os mesmos, de modo a que os organismos possam avaliar a necessidade de reabrir, ou não encerrar, os mesmos.