SEPNA da GNR protege planeta. Em 2020 deteve 51 pessoas e terminou com 1100 crimes

22 Abril 2021, 13:08 Não Por Redacção

O Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da Guarda Nacional Republicana (GNR),  constitui-se como polícia ambiental competente para vigiar, fiscalizar, noticiar e investigar infracções à legislação que visa proteger a natureza, o ambiente e o património natural, integrando ainda diversos fóruns de cooperação nacional e internacional sobre estas temáticas, promovendo diariamente diversas ações que contribuem para um planeta mais limpo, com uma clara missão de proteger o planeta.

Nesta quinta-feira, em que se comemora o Dia Mundial da Terra, a GNR anuncia que no ano de 2020, realizou 73.450 patrulhas, onde foram realizadas 228.244 fiscalizações que resultaram na detenção de 51 pessoas, o levantamento de 18.884 autos de contraordenação e a detecção de 1.100 crimes ambientais.

“A criminalidade ambiental constitui umas das prioridades na luta contra a criminalidade internacional grave e organizada adoptadas pelo Conselho da União Europeia, pelo facto de se ter tornado numa das actividades mais rentáveis de criminalidade organizada no mundo, tendo impacto não só no ambiente, como também na sociedade e em toda a economia”, refere a GNR.

A União Europeia tenta focar a sua luta no desmantelamento das organizações criminosas envolvidas no tráfico de espécies selvagens e no combate a todos aqueles que estão implicados no tráfico ilegal de resíduos, bem como no estabelecimento de parcerias com entidades e organizações de forma a melhorar o controlo e o combate à criminalidade ambiental. 

A linha SOS Ambiente e Território, do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), da Guarda Nacional Republicana, disponível 24 horas por dia através do n.º 808 200 520, registou, em 2020, um total de 12.185 denúncias, que resultaram no registo de 2.286 contraordenações e 110 crimes na sequência das infrações detetadas. Esta linha permite que qualquer cidadão possa denunciar situações que violem a legislação ambiental e obter conselhos sobre assunto relacionados com a natureza, ambiente, florestas, animais de companhia, leis sanitárias e de ordenamento do território.


Fotografia: Direitos Reservados