Queimas e queimadas continuam proibidas até 31 de Outubro

13 Outubro 2021, 14:58 Não Por Redacção

Com a continuidade do tempo quente, que levou já o Ministério da Administração Interna a prolongar o dispositivo de combate a incêndios, os serviços de Protecção Civil Municipal decretaram também a proibição da realização de queimas e queimadas, bem como a interdição do uso do fogo para qualquer fim.

A interdição do uso do fogo, mesmo para queimas de sobrantes florestais ou agrícolas estará em vigor até dia 31 de Outubro, altura em que as previsões meteorológicas do Instituto Português do Mar e da Atmosfera indicam possa vir a existir uma baixa da temperatura e a chegada da chuva.

O serviço de Protecção Civil de Coruche impediu já a realização do registo de queimas, como obrigatório, e relembra que a realização de queimas e queimadas, a qualquer hora do dia, além de constituir um perigo para a floresta e bens pessoais é também punida com coimas elevadas.