PJ detém 9 pessoas no distrito de Santarém por fraudes com MBWay

19 Maio 2021, 12:20 Não Por Redacção

A Polícia Judiciária (PJ), anunciou esta quarta-feira, a detenção de 9 pessoas, 6 mulheres e 3 homens, sobre os quais recaem fortes indícios de serem autores de “dezenas de crimes de burla informática agravada, falsidade informática e acesso ilegítimo”, com recurso à aplicação MBWay.

A Operação “No€Way” teve como objectivo o combate ao cibercrime, tendo por base vários casos de fraude perpetrados de forma organizada, em que os detidos utilizavam a aplicação MBWay, tendo a Pj apurado que, até ao momento, estes terão conseguido lesar as pessoas em cerca de  170 000€, “prevendo-se que este valor possa aumentar com a continuação da investigação”, refere a polícia em comunicado.

De acordo com a PJ, “a estratégia investigatória visou a localização e agrupamento das várias participações que se encontravam dispersas por várias comarcas do país, por forma a demonstrar a actividade delituosa reiterada e organizada, conjugando e analisando toda a informação de forma a identificar/localizar os agora detidos”, sendo que “os autores dos crimes levaram a cabo múltiplas acções criminosas, com impacto em várias vítimas.”.

A operação foi tutelada pelo Ministério Público de Santarém contando com a colaboração com a SIBS, entidade gestora da aplicação MBWay.

Os detidos irão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação da medida a coação considerada adequada.