Pecuária em Salvaterra de Magos é exemplo europeu na criação de suínos (com Fotos)

9 Novembro 2022, 14:46 Não Por João Dinis

A Herdade do Pessegueiro, na Glória do Ribatejo, concelho de Salvaterra de Magos, recebeu esta terça-feira a apresentação do movimento Let’s Talk About Pork, que tem como principal objectivo desmistificar os mitos criados à volta do consumo de carne de porco, sendo mesmo a exploração exemplo europeu das boas práticas de criação dos animais para consumo humano.

O evento foi um “dia aberto”, com a presença da Ministra da Agricultura e Alimentação, Maria do Céu Antunes, do Presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Esménio, e de outras entidades do sector, que realizaram uma visita guiada às instalações, que ocupam cerca de 380 hectares, divididos entre pavilhões de criação e engorda dos animais, zona de tratamento de afluentes e cultivo de pastagens.

Na Herdade do Pessegueiro, uma exploração da empresa Valorgado, integrada no agrupamento de produtores Aligrupo, estão mil porcas em ciclo fechado, bem como 600 bovinos em regime de pastoreio, satisfazendo assim as necessidades de consumo de cerca de 60.000 portugueses.

Nesta exploração, propriedade de Vítor Menino, que possui ainda mais cinco explorações similares, mas de menor dimensão, as práticas promotoras da bioeconomia circular são um imperativo, sendo os efluentes suinícolas utilizados na valorização agrícola dos solos, promovendo a produtividade dos mesmos, a capacidade de retenção de água e a sua estrutura, produzindo alimento de qualidade para os animais em pastoreio.

Da energia eléctrica ao bem-estar animal, passando pela reutilização das águas pluviais todos os detalhes são cuidados na Herdade do Pessegueiro, onde estão também implementadas rigorosas medidas de biossegurança, desde externas como as vedações que impedem a entrada de animais, os cais de carga e descarga que impedem a aproximação de veículos, os balneários de passagem obrigatória onde trabalhadores e visitantes têm de tomar duche e utilizar roupa da exploração, às medidas internas como os protocolos de utilização de equipamentos e os procedimentos de limpeza e desinfecção da exploração.

Para a empresa a sanidade dos animais resulta do conjunto de elevados padrões de bem-estar animal e biossegurança, formação avançada dos profissionais, investigação contínua sobre as melhores práticas na produção animal e estabelecimento de protocolos veterinários de prevenção de doenças baseados no conceito Uma Só Saúde.

A exploração cuida de todo o processo de produção da carne de porco, desde o momento em que os animais nascem nas explorações, até o produto chegar à mesa, num sistema totalmente planeado e monitorizado, garantindo a rastreabilidade e a segurança alimentar dos produtos.

Ao NS a Ministra da Agricultura reconheceu a importância e exemplo desta exploração sedeada em Salvaterra de Magos, reconhecendo que esta “é uma exploração exemplar, aliás já galardoada por isso mesmo, do ponto de vista da sustentabilidade.”

Maria do Céu Antunes salienta que esta exploração, “tem os conceitos da actualidade que são absolutamente determinantes para garantir a sustentabilidade económica e a viabilidade económica das explorações”, em vários domínios, como ”o respeito pelo bem-estar animal, seja do ponto de vista da biossegurança, ou por via da bioeconomia circular, onde, por exemplo, os efluentes pecuários da suinicultura são tratados. E é com esse efluente que depois são alimentados os campos para aumentar o teor de matéria orgânica e as forragens poderem ser produzidas”, considerando a responsável pela pasta da agricultura e alimentação, que “há todo um ecossistema que está criado, que importa valorizar e que importa inclusivamente fazer benchmark, divulgar para que outras explorações possam fazer igual.”

Com as questões do bem-estar animal e sustentabilidade na ordem do dia, a Ministra reafirma que as práticas levadas a cabo na Herdade do Pessegueiro são “absolutamente fundamentais para garantir que esses animais têm necessidades de menos antimicrobianos porque têm mais saúde associada e, portanto, nós, humanos, para os consumirmos também acabamos por ter um menor consumo de antimicrobianos e isso faz parte do programa Uma só Saúde e, portanto, é claramente um alinhamento perfeito em relação a esta matéria.”

Sobre a campanha Let’s Talk About Pork, Maria do Céu Antunes demonstrou o seu contentamento com os resultados da campanha, pretendendo assim “desconstruir mitos, desconstruir estereótipos que se criam em relação à produção pecuária em concreto”, “e ainda bem que está a ser feita, que está a ser promovida, até porque, com este exemplo que hoje pudemos aqui visitar, nós percebemos claramente que o sector agropecuário é um sector do futuro que nós temos mesmo que continuar a incentivar.”

Vítor Menino, proprietário da Herdade do Pessegueiro e promotor da campanha referiu ao NS que “a suinicultura portuguesa é um sector transparente e coerente. Transmitimos o que fazemos, de dentro para fora, para que a sociedade saiba como trabalhamos nas nossas explorações, no transporte, na indústria e na distribuição. A realização deste dia, teve precisamente este objectivo, reforçar o esclarecimento sobre o modelo de produção europeu, que tem como base exigentes rigorosos critérios que acompanham as diferentes fases de produção”.

______________________________________

_______________________________________________________________