Parque do Sorraia acolhe Feira do Livro de Coruche

20 Setembro 2021, 16:38 Não Por Redacção

A edição 2021 da Feira do Livro de Coruche, na sua 37ª edição, decorrerá de 24 de Setembro a 5 de Outubro, no Parque no Sorraia, junto à Praça de Touros de Coruche.

O certame que resulta de uma parceria entre Câmara Municipal de Coruche, projecto Pontes para a Igualdade, Biblioteca Municipal e Bibliotecas Escolares, tem um vasto programa, que vai muito para além da apresentação de livros e de sessões de autógrafos com os autores, no programa da feira há também lugar à música, animação e sessões de leitura, mas também apontamentos literários e culturais como aqueles proporcionados pelo grupo “Um Poema na Vila” ou pelo Festival Internacional de Teatro e Artes para a Infância (FITIJ).

A inauguração tem lugar pelas 18 horas do dia 24 de Setembro, com um apontamento musical de do saxofonista Dandy Sax, com o seu “Saxophone Cocktail”.

Na 37.ª edição da Feira do Livro de Coruche, que conta com o apoio da distribuidora literária Ao Pé das Letras, os visitantes podem assistir a diversas apresentações literárias, com especial destaque para a diversidade de autoras e autores locais, apontamentos culturais em parceria com o FITIJ ou para a sessão da tertúlia “Um Poema na Vila”, vinculada ao tema “Dei o Mar à Palavra”, que conta com a presença da Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa – unidade criada em parceria pela Universidade de Cabo Verde e pelo Instituto Camões.

O programa da primeira semana de Feira do Livro dá desde logo lugar, a 27 de Setembro, pelo meio-dia, a uma conversa com José Ribeiro da Cunha sobre a sua obra “Um Privilégio”. O privilégio estende-se, aliás, a dia 28 de Setembro, quando, pelas 10 horas, acontecem as primeiras sessões de animação de leitura com a autora de literatura infantil Eugénia Dias, que, às 17h30, apresenta também o seu livro “Esperança” (Editora Flamingo). Já a 29 de Setembro, quarta-feira, acontecem, pelas 10 horas, sessões de animação de leitura com a autora de literatura infantil Ana Catarina Silva e, às 17h30, a apresentação do livro “Nini e Simão – A Aventura da Alimentação” (Editora Alfarroba), pela pena da mesma autora.

A 30 de Setembro, às 10 horas, a autora infantil Tânia Caiado Amaral dinamiza as sessões de animação de leitura e, às 15h30, apresenta o livro “De que cor é a saudade?” (Editora Flamingo). No mesmo dia, pelas 17h30, tem ainda lugar a sessão de poesia e tertúlia “Um Poema na Vila”, dedicada ao tema “Dei o Mar à Palavra”, com a Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa. A semana fecha a 1 de Outubro, sexta-feira, com mais uma sessão de animação às 10 horas, desta feita com a autora de literatura infantil Ana Luísa Silva, que apresenta depois, às 17h30, o livro ”Onde Está o Abraço?” (Editora Flamingo).

No fim-de-semana de dias 2 e 3 de Outubro a Feira do Livro de Coruche apresenta, no sábado, às 11 horas, o livro “Palavras Soltas“, de Marília Rosado, e, às 16 horas, o livro “De Atégina a Maria: o Sagrado Feminino no Território Português” (Editora Apenas Livros), de Aurélio Lopes. No domingo, pelas 16 horas, a autora Maria Mestre dá a conhecer o livro de poesia “A Minha Vida em Poemas” (Editora Apenas Livros). A agenda reinicia-se às 12 horas de 4 de Outubro, segunda-feira, à conversa com João Valente Martins sobre a sua obra de teor económico “Teoria Geral da Prosperidade” e prossegue, às 18 horas, com um apontamento cultural em parceria com o FITIJ e a dupla de artistas circenses e burlescos Les Globules Bleus, que oferece um espectáculo visual de malabarismo, nova magia e monociclo. Os “glóbulos” Sylvain e Marc transportam-nos para um universo mágico e poético onde o malabarismo e a ilusão desafiam as leis da lógica e da gravidade.

Finalmente, a 5 de Outubro, a Feira do Livro conclui-se às 18 horas com a esperada apresentação da obra “Sabores do Toiro Bravo”, editada pelo Município de Coruche, e, às 19 horas, com o espectáculo da companhia Menzo Menjunjes em parceria com o FITIJ. Menzo, um palhaço de assinalável humor próprio, absurdo, irónico e provocador que já se apresentou em mais de 80 festivais internacionais em 25 países de América Latina e Europa, promete encerrar a feira com gargalhadas em ambiente festivo.