Obras do Lar da Fajarda sofrem novo atraso

5 Agosto 2022, 15:35 Não Por Redacção

Depois de em Julho a Câmara Municipal de Coruche ter aprovado o contrato para a construção da nova Estrutura Residencial Para Idosos (ERPI) – Lar, da Fajarda, que vai ficar nas instalações da antiga escola primária, esta voltou a sofrer um novo atraso, em virtude da empresa a quem foi adjudicada a obra não conseguir obter as garantias bancárias necessárias para que o contrato pudesse ser validado.

De acordo com Francisco Oliveira, a empresa não cumpriu o prazo para habilitação da entrega de documentos, onde teria que apresentar uma garantia bancária no valor de 10% da obra, que tem um custo de cerca de 1.6 Milhões de euros.
Segundo o autarca a empresa tem a decorrer diversas obras, pelo que terá já excedido a capacidade de garantias bancárias.

O Município irá agora adjudicar a empreitada ao segundo classificado no concurso, que mostrou já disponibilidade para poder construir o novo Lar da Fajarda.

Apesar da obra carecer ainda do visto do Tribunal de Contas, o autarca espera que a obra se venha a iniciar ainda neste semestre.

A construção desta valência na Fajarda, com o apoio do programa PARES – Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais, da Segurança Social, pretende colmatar uma lacuna no apoio aos idosos na Fajarda, bem como no concelho de Coruche.

__________________________________________________________________________________________