Municípios podem candidatar-se a fundos para criar lojas do cidadão

23 Setembro 2021, 10:23 Não Por Redacção

Os municípios podem até dia 29 de Outubro efectuar a candidatura para a criação de uma Loja do Cidadão, ao abrigo dos fundos comunitários do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Em Benavente, o vereador independente Pedro Pereira, lançou o desafio, sobretudo ao novo executivo, eleito dia 26 de Setembro, para que possam aproveitar a oportunidade de criar uma “loja do cidadão à dimensão das necessidades dos cerca de 18 mil habitantes e das centenas de empresas locais de Samora Correia”, o que iria evitar deslocações a outras localidade e concelhos para obtenção de documentos.

Também a Ministra da Modernização e da Administração Pública, Alexandra Leitão, aquando do anúncio do programa lançou o desafio aos municípios para que aproveitem a oportunidade para criar lojas do cidadão, que “por concentrarem uma série de serviços públicos (tanto da administração central como da administração local) e privados, as Lojas de Cidadão são espaços vocacionados para facilitar a vida aos cidadãos e às empresas que podem, num mesmo local, tratar de vários assuntos, poupando tempo”.

Saliente-se que em Samora Correia existe um pequeno espaço do cidadão com recursos bastante limitados e que não respondem na actualidade a todas as necessidades da população, facto que Pedro Pereira entende ser determinante para que se aproveite esta oportunidade.