Mais de 2250 crimes participados no Vale do Sorraia em 2020

5 Abril 2021, 16:48 Não Por João Dinis

O Governo apresentou recentemente o Relatório Anual de Segurança Interna do ano 2020, onde elabora um mapa detalhado da actividade criminosa em Portugal, bem como de todo o combate que é feito pelas mais valências de segurança do nosso país.

Nos concelhos de abrangência do Notícias do Sorraia, Mora, Coruche, Salvaterra de Magos e Benavente, foram participados 2.251 crimes, das mais diversas origens.

O concelho de Benavente foi aquele que registou um maior número de participações de crimes, ocupando mesmo o segundo lugar no distrito de Santarém.
Em Benavente foram participados 949 crimes, sendo que na capital de distrito, Santarém, foram apresentados 1.610.

No concelho de Salvaterra de Magos foram apresentadas 632 denúncias, sendo que na tabela dos concelhos, Coruche vem logo em seguida com 557 crimes.

O concelho de Mora é no Vale do Sorraia, aquele que apresenta menor número de crimes, tendo apenas 113 crimes participados às autoridades, ocupando uma das posições finais na tabela do distrito de Évora, onde a capital tem 1.077 crimes participados.

No Vale do Sorraia é fácil destacar que o número de população é proporcional ao número de crimes participados.
Benavente é o concelho com maior número de população, logo é normal que tenha maior número de participações de crimes, seguido de Salvaterra de Magos, Coruche e Mora.

No distrito de Santarém foram apresentadas 10.925 participações e no de Évora foram registadas 3.493 participações às autoridades.

Apesar de em 2020 tem existido uma diminuição geral na criminalidade a violência doméstica continua a ser aquele que registou maiores participações, seguido das ofensas à integridade física, com as burlas a ocuparem o terceiro lugar. O álcool ao volante continua a registar elevados números, sendo o crime rodoviário que regista o maior número de participações.

A nível da criminalidade violenta, o roubo por esticão ocupa a posição cimeira, seguido dos roubos simples na via pública, bem como os assaltos a residências.