Mais de 1.100 condutores apanhados ao telemóvel na campanha “Phone Off – A conduzir não uses o telemóvel”

2 Março 2021, 10:01 Não Por Redacção

A Campanha de Segurança Rodoviária “Phone Off – A conduzir não uses o telemóvel” da responsabilidade da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), da Guarda Nacional Republicana (GNR) e da Polícia de Segurança Pública (PSP), decorreu nos dias 23 de Fevereiro a 1 de Março e teve como objectivo alertar os condutores para as consequências negativas e mesmo fatais do manuseamento do telemóvel durante a condução, sendo que nesse período as autoridades detectaram 1.164 condutores ao telemóvel durante a condução.

Esta campanha estava Iinserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2021, sendo divulgada nos meios digitais e através de quatro acções de sensibilização da ANSR, realizadas em simultâneo com as operações de fiscalização realizadas pela GNR pela PSP, em Lisboa, Vendas Novas, Setúbal e Óbidos.

Durante as operações das Forças de Segurança, realizadas entre os dias 23 de Fevereiro a 1 de Março, foram fiscalizados 73.544 veículos, tendo sido registado um total de 16.177 infrações, das quais 1.164 relativas ao manuseamento do telemóvel durante a condução.

No período da campanha, de 23 de Fevereiro a 1 de Março, foram registados um total de 1.231 acidentes, de que resultaram 3 vítimas mortais, 29 feridos graves e 363 feridos leves. Relativamente ao período homólogo de 2020, registaram-se menos 1.344 acidentes (-52%), menos 2 vítimas mortais (-40%), menos 17 feridos graves (-37%) e menos 433 feridos leves            (-56%).