Incidência da pandemia no Vale do Sorraia começa a baixar mas concelhos continuam com risco elevado

Incidência da pandemia no Vale do Sorraia começa a baixar mas concelhos continuam com risco elevado

15 Fevereiro 2021, 20:49 Não Por Redacção

A Direcção Geral de Saúde (DGS) actualizou esta segunda-feira, 15 de Fevereiro, a situação dos concelhos do Vale do Sorraia no que diz respeito à incidência cumulativa, tendo como base o período entre 27 de Janeiro e 9 de Fevereiro, em que se notou já uma descida significativa nos valores da incidência, mas ainda assim, à excepção de Mora, os concelhos continuam em risco elevado para a transmissão do vírus da Covid-19.

Mora, que nos últimos dias apenas conheceu 7 novos casos, tem agora uma incidência de 314 casos por 100 mil habitantes, a mais baixa em todo o Vale do Sorraia.

No concelho de Coruche foram identificados 187 novos casos, equivalentes a uma taxa de 1236 casos por 100 mil habitantes, registando-se também um decréscimo, que na semana anterior era de 1557 casos.

O concelho de Benavente regista agora 1399 casos por 100 mil habitantes, bastante menos que no último balanço da DGS (2072), reflectindo assim os 349 casos identificados no período de 14 dias.

Salvaterra de Magos é agora o concelho com a incidência cumulativa mais elevada, com 1418 casos por 100 mil habitantes, correspondentes a 288 novos casos, mas ainda assim bem abaixo dos 2155 casos por 100 mil habitantes da última semana.

Na globalidade o Vale do Sorraia regista uma incidência média cumulativa de 1092 casos por 100 mil habitantes, registando-se 831 casos no período entre 27 de Janeiro e 9 de Fevereiro.