Governo revê ‘em baixa’ valor das obras do posto da GNR de Coruche

9 Novembro 2021, 18:15 Não Por Redacção

As obras de reabilitação do Posto e Destacamento da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Coruche, podem voltar a ficar no papel, depois do Ministério da Administração Interna (MAI) ter registo ‘em baixa’ o valor das obras, depois de um primeiro concurso deserto.

Depois de em finais de Junho deste ano, a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (SEGMAI) ter lançado um primeiro concurso para a reabilitação do Posto e Destacamento de Coruche da GNR, por um valor de 1.011.000 Milhão de euros, acrescido de IVA, que ficou deserto, a revisão de preços efectuada, incrementou em somente mais 300 mil euros o valor da obra, para um total de 1.3 Milhões de euros, o que se deverá revelar pouco, dada a inflacção, sobretudo dos materiais de construção.

Nos últimos meses os valores dos materiais de construção têm subido abruptamente, em virtude da crise e falta de matérias-primas provocada pela pandemia da Covid-19, bem como a escassez de mão-de-obra, leva a que as empreitadas tenham subido consideravelmente, o que poderá ser desde já um indício pouco auspicioso para a obra que pretende revitalizar as instalações da GNR em Coruche, que se encontram num estado, cada vez mais, problemático.

As obras, a realizar-se, vão ocorrer em todos os andares do actual Destacamento Territorial e Posto da GNR de Coruche, dotando o espaço de melhores condições de trabalho para os militares da GNR, bem como para os cidadãos que ali necessitem de se deslocar.

Até ao momento a SEGMAI não lançou ainda o novo concurso público, e tendo em conta a dissolução do Parlamento e as Eleições Legislativas a 30 de Janeiro é expectável que o mesmo venha somente a ser lançado pelo novo Governo, e após aprovação de novo Orçamento de Estado para 2022.