GNR deteve dois homens por violência doméstica no distrito de Santarém

GNR deteve dois homens por violência doméstica no distrito de Santarém

11 Fevereiro 2021, 19:32 Não Por Redacção

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve esta terça-feira e quarta-feira, no Cartaxo e na Chamusca, dois homens, por violência doméstica, sendo que ambos possuíam armas de fogo.

No Cartaxo, militares do  Posto Territorial do Cartaxo, detiveram na passada terça-feira, um homem de 67, residente na localidade da Lapa, concelho do Cartaxo.

Na sequência de uma denúncia, de que o suspeito exercia violência sobre a sua esposa, os militares da Guarda deslocaram-se ao local, tendo aferido que a vítima, de 51 anos, sofria de violência física e psicológica há cerca de 20 anos.
No decorrer das diligências policiais, foi apurado que o agressor teria armas de fogo na residência, tendo sido realizada uma busca domiciliária que culminou na detenção do agressor e na apreensão de diversas armas, nomeadamente, uma espingarda, uma carabina de 9mm, uma espingarda de ar comprimido de calibre 4,5 mm, uma pistola de calibre 6,35 mm com respetivo carregador e coldre, bem como 343 munições e seis caixas de chumbos.

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Santarém.

Já esta quarta-feira, 10 de Fevereiro, um homem de 38 anos foi detido por militares do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), por violência doméstica e posse de arma proibida.

De acordo com a GNR, na sequência de uma investigação por violência doméstica, “os militares da Guarda apuraram que o suspeito agredia física e psicologicamente a vítima, sua ex-companheira de 36 anos, com quem manteve uma relação de 19 anos.”
No seguimento das diligências policiais, foi possível apurar-se ainda que o agressor ameaçava a vítima, bem como os seus filhos em comum, exibindo-lhes munições e publicando fotografias das mesmas nas redes sociais, conduta que culminou com o cumprimento de um mandado de detenção e com a realização de uma busca domiciliária, onde lhe foram apreendidas diversas munições, um bastão extensível e um sabre.

O detido, com antecedentes criminais por furtos e por violência doméstica, foi presente esta quinta-feira, dia 11 de Fevereiro, ao Tribunal Judicial de Santarém, tendo ficado sujeito a prisão preventiva.