GNR alerta para perigos da condução de motas com imagens chocantes  (Com Vídeo)

GNR alerta para perigos da condução de motas com imagens chocantes (Com Vídeo)

2 Novembro 2021, 10:58 Não Por Redacção

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deu esta terça-feira início à campanha #NãoSouDeFerro, onde visa alertar os motociclistas para os perigos da condução de veículos de duas rodas, sobretudo quando ultrapassados os limites.

Esta campanha tem como objectivo inverter a tendência de aumento da sinistralidade que envolvem veículos de duas rodas a motor e contribuir para um ambiente rodoviário mais seguro, e decorrerá até dia 7 de Novembro, dando particular destaque à Região do Algarve e do Autódromo Internacional do Algarve, onde irá decorrer o Evento Moto GP Portugal, para sensibilizar, informar e alertar todos os condutores, em especial os de veículos de duas rodas a motor, para as regras de segurança que devem acautelar durante a condução.

Esta campanha nacional, “trata-se de uma iniciativa enquadrada numa estratégia de prevenção e de consciencialização que visa contribuir para a mudança de comportamentos durante a condução”, refere a GNR,  sendo materializada pela exposição e divulgação da imagem em anexo nas plataformas digitais, e que será exposta em centenas de locais de norte a sul do país, pela divulgação de conselhos nas plataformas digitais da GNR, pela distribuição de folhetos informativos junto dos condutores de veículos de duas rodas a motor.

Adicionalmente, e considerando que os condutores de veículos de duas rodas a motor constituem um grupo de risco pelo facto das consequências dos acidentes serem normalmente mais gravosas, e prevendo-se um elevado fluxo de veículos de duas rodas a motor em direcção ao Algarve para acompanhamento do Moto GP, a GNR desenvolverá iniciativas de sensibilização em algumas áreas de serviço de norte a sul do país, realizando também diversas iniciativas de sensibilização nas imediações do Autódromo Internacional do Algarve.

Da análise da sinistralidade rodoviária do ano de 2021 até 30 de setembro, verifica-se que cerca de 10% dos acidentes envolveram veículos de duas rodas a motor, salientando-se, que das vítimas registadas em 2021, 28,9% são condutores ou passageiros de veículos de duas rodas e das vítimas mortais a lamentar, cerca de 32% correspondem também a condutores/passageiros de veículos de duas rodas a motor.

A GNR deixa deste modo o alerta aos condutores de veículos de duas rodas, para o cumprimento das regras de trânsito, bem como adoptem uma condução defensiva, de modo a evitar a ocorrência de acidentes, que podem colocar em causa a sua integridade física.