Fluviário de Mora inaugura exposição dedicada aos “Sons dos Peixes”

24 Abril 2021, 11:09 Não Por Redacção

O Fluviário de Mora inaugurou recentemente uma exposição dedicada à temática dos “Sonos dos Peixes”, patente em diversos painéis interactivos dispostos ao longo do fluviário.

Esta nova parte da exposição tem como principal objectivo mostrar aos visitantes do Fluviário os diferentes sons que os peixes podem produzir e que é possível distingui-los entre si, o que permite a sua identificação através dos sons”, referem os responsáveis pela mostra, que acrescentam que a exposição tem, ainda, um segundo painel sobre outros sons que podemos escutar debaixo de água, como os sons de barcos a passar, dos insectos aquáticos ou de cascatas de água. Os visitantes podem interagir entre as imagens e os sons (colunas ou auscultadores), facilitando a descoberta dos sons presentes no mundo aquático para o público do Fluviário.

A exposição “Sons dos Peixes” foi produzida no âmbito de um projecto de investigação e planeada para ser integrada na exposição permanente do Fluviário.
O projeto “Sonicinvaders” é liderado pelo MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente – Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, e tem como parceiros o Instituto Superior de Psicologia Aplicada – MARE, a Universidade de Évora – MARE e o Fluviário de Mora, sendo financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. Tem como objectivo detectar peixes exóticos através dos seus sons, incidindo principalmente no troço principal do rio Tejo e na detecção do peixe-gato-europeu, também conhecido por siluro.

O Fluviário de Mora voltou a abrir as portas no dia 6 de Abril, depois de sucessivas semanas encerrado devido à situação pandémica que se vive. Porém, estreia agora esta nova atractividade, tendo por isso mais uma razão para ser visitado ou revisitado em total segurança.


Fotografia: Direitos Reservados