Estudantes de Coruche e Benavente manifestam-se por melhores condições nas escolas e encerramento no pico da pandemia

Estudantes de Coruche e Benavente manifestam-se por melhores condições nas escolas e encerramento no pico da pandemia

20 Janeiro 2021, 11:47 Não Por Redacção

Os alunos das Escolas de Coruche e Benavente lançaram recentemente duas petições, onde pedem o encerramento dos estabelecimentos e ensino, tendo em conta o número de casos de Covid-19 nos dois concelhos, bem como as condições dos estabelecimentos de ensino, que leva a que os alunos tenham actividades lectivas presenciais suportando temperaturas muito baixas.

Estamos em 2021 e, apesar das contínuas queixas (tanto verbais como registadas em ata nas devidas Assembleias de Turma) relativamente ao frio e à falta de condições para o normal decorrer das aulas, o Ministério da Educação em nada interveio na nossa escola”, pode ler-se na petição dos alunos de Coruche, que conta já com cerca de 300 assinaturas.

De acordo com os alunos, estes são “obrigados a acompanharmo-nos por casacos, gorros, cachecóis, luvas, mantas e sacos de água quente de forma a conseguirmos tolerar a temperatura que está nas salas de aula, sobretudo agora em que temos de cumprir as devidas regras contra a COVID-19, sendo uma delas: “privilegiar a utilização de salas amplas e arejadas”.”

Esta petição, de acordo com os alunos visa melhorar as condições da escola, nomeadamente, “mais aquecimento, resolução das infiltrações existentes e das inundações no pavilhão desportivo.”

Visto que a escolaridade é um direito, devíamos ter acesso a boas condições para desfrutarmos da mesma a todos os níveis. Perante o regulamento temos o direito de criticar e apelar à mudança desta forma, assim, apelamos à mudança e à colaboração das várias entidades competentes”, concluem os estudantes coruchenses.

Por sua vez, a petição dos alunos de Benavente, que já cerca de 500 assinaturas pede o encerramento por 15 dias dos estabelecimentos de ensino, em virtude do concelho ser um dos de risco extremo do contágio da Covid-19.