“Esta visita tranquilizou-nos muito porque vimos que os idosos são muito bem tratados”, afirma Presidente da Câmara de Benavente após visitar idosos em Fátima

“Esta visita tranquilizou-nos muito porque vimos que os idosos são muito bem tratados”, afirma Presidente da Câmara de Benavente após visitar idosos em Fátima

16 Janeiro 2021, 22:03 Não Por João Dinis

Elementos da Protecção Civil Municipal de Benavente, entre eles o Presidente da Câmara Municipal, Carlos Coutinho, a Vereadora Catarina Pinheiro Vale, acompanhados do Comandante Distrital da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil, David Lobato, do Director da Segurança Social de Santarém, Renato Bento e do Presidente da Comissão Distrital da Protecção Civil de Santarém, Miguel Borges, visitaram este sábado o  o Centro Espiritual Francisco e Jacinta Marto, em Fátima, onde foi instalada uma Estrutura de Apoio de Retaguarda para receber doentes Covid-19 e para onde foram transferidos os 35 utentes do Lar ilegal de Samora Correia, na tarde de quinta-feira, 14 de Janeiro, após ter sido confirmado um surto de Covid-19, que afecta 53 pessoas, entre utentes e funcionários.

Contactado pelo Notícias do Sorraia, Carlos Coutinho afirmou-nos que “esta visita tranquilizou-nos muito porque vimos que os idosos são muito bem tratados”, referindo que de acordo com as indicações que obtiveram dos responsáveis do Centro, os idosos foram cuidados à sua chegada, tomando uma refeição, efectuada a higiene e acomodados em camas e quartos individualizados, contrariando assim as críticas que este afirma serem “infundadas, por não corresponderam à verdade”, de acordo com o que apuraram no local, ainda que este perceba a angústia dos familiares.

Um dos exemplos do bom tratamento prestado aos idosos, segundo o autarca, além das “fabulosas instalações do Centro, ao nível do melhor que se existe em Portugal“, é o facto das “refeições serem confecciodas pela Escola de Hotelaria de Fátima”, o que permite que os idosos tenham uma dieta equilibrada e adaptada ao seu estado de saúde e necessidades.

Face às criticas que este processo foi alvo, Carlos Coutinho sublinhou que a prioridade era “cuidar das pessoas e dar-lhes condições para a sua recuperação”, que não tinham no lar em Samora Correia, onde se encontravam em camas lado a lado e separados apenas por uma cortina, tendo sido a transferência para Fátima a solução encontrada pela Protecção Civil Municipal e Segurança Social.

Carlos Coutinho anunciou ainda que as famílias dos idosos deverão contactar a Protecção Civil Municipal de Benavente, onde está centralizado o contacto com o Centro Espiritual Francisco e Jacinta Marto, de modo a que lhe sejam prestadas informações sobre os seus familiares.
O autarca referiu ainda que foram tiradas um conjunto de fotografias que estão a ser apresentadas aos familiares, que podem assim atestar as condições em que se encontram os idosos.