Edição 2021 do Mês da Enguia foi a “mais desafiante”

7 Maio 2021, 19:45 Não Por João Dinis

O Presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Esménio, considera que a organização da edição 2021 do Mês da Enguia, que se celebra em Salvaterra de Magos de 15 de Maio a 15 de Junho, “foi a mais desafiante” de organizar, “desde logo para tomar a decisão de a fazer, depois porque precisávamos muito que os restaurantes fossem nossos parceiros na questão da protecção das pessoas e da segurança.”

O autarca deseja que apesar de ser esperado um afluxo maior de pessoas, tudo venha a decorrer dentro da maior segurança e no cumprimento das normas da Direcção Geral de Saúde para a restauração, vontade essa que sentiu também dos estabelecimentos, que têm tudo preparado para receber os visitantes que desejem degustar os pratos confeccionados com enguias.

Hélder Esménio espera que o certame seja também importante para a retoma da “actividade económica mais afectada no país e também naturalmente concelho de Salvaterra de Magos”, a restauração, bem como dos operadores turísticos, que se encontram “carentes de actividade”, para “poderem ter ganhos e trazer alguma algumas receitas que pudessem ajudar a pagar as suas despesas”, sempre no cumprimento de todas as normas de segurança sanitária.

O facto de haver 16 restaurantes participantes, quando na última edição o número de estabelecimentos era de 20, é para o autarca uma demonstração de coragem do sector da restauração, “demonstrando bem a resiliência que eles tiveram este período”, lamentando no entanto não poder realizar todas as actividades, como a Feira Nacional de Artesanato, que seria mais um atractivo para o certame e para trazer pessoas ao concelho de Salvaterra de Magos.

Ainda assim a autarquia irá realizar diversos espectáculos culturais e exposições, um pouco por todo o concelho, “em espaços onde pudéssemos garantir a qualidade dos próprios eventos, quer em termos de som, quer em termos de afastamento entre as pessoas”, refere o autarca.

A programação do Mês da Enguia contempla a realização de espetáculos musicais em diferentes espaços e freguesias do concelho, aos sábados, pelas 15.30 horas, com artistas e grupos do concelho, com lotação limitada e uso de máscara obrigatório:

15 de Maio – Espetáculo com Rock2Night, na Casa do Povo de Muge;

22 de Maio – Espetáculo com Five, no Mercado de Cultura de Marinhais

29 de Maio – Espetáculo com Pedro e Bernardo Viana, na Capela Real em Salvaterra de Magos

05 de Junho – Espetáculo com Flávio Bolieiro & Amigos, no Centro Escolar de Foros de Salvaterra e Várzea Fresca

12 de Junho – Espetáculo com FMI, no Espaço Jackson, em Glória do Ribatejo

As exposições que estarão patentes são:

– “Luz e Transparência em Salvaterra”, Aguarelas de João Cabral, na Galeria de Exposições da Falcoaria Real de Salvaterra de Magos;

– “Glória – Território, Património e Identidade”, no Átrio de Exposições do Espaço Jackson, Glória do Ribatejo;

– “A Raret e a Glória do Ribatejo – 70 anos da primeira retransmissão – 4 de Julho de 1951” – exposição de exterior na Avenida Estados Unidos da América, Glória do Ribatejo;

– “Profissões d’Antigamente…O Fotógrafo”, na Biblioteca Municipal de Salvaterra de Magos;

– “Profissões d’Antigamente…O Resineiro”, no Mercado de Cultura de Marinhais.