Dois ninhos de vespa asiática destruídos em Coruche esta sexta-feira. Autoridades deixam alertas à população

9 Outubro 2021, 11:29 Não Por João Dinis

Dois ninhos de vespa asiática foram destruídos no concelho de Coruche, esta sexta-feira, pela equipa dos Bombeiros Municipais de Coruche, que munidos de equipamento especial para o efeito, estão aptos para realizar tal tarefa.

Os ninhos foram detectados na Lamarosa e em São Torcato (Branca) e com o apoio do Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR, a equipa dos Bombeiros Municipais de Coruche conseguiu dizimar mais estes dois ninhos de vespa asiática, um insecto invasor que nos últimos meses tem tido uma grande presença no sul do país.

Do ninho da vespa que foi encontrado em São Torcato, um dos insectos chegou mesmo a picar o condutor da máquina agrícola, que se encontrava a realizar trabalhos de limpeza florestal, levando a que este se tenha deslocado ao hospital, ainda que o seu estado de saúde não inspira-se cuidados de maior.

Luís Fonseca, Comandante dos Bombeiros Municipais de Coruche e Coordenador da Protecção Civil Municipal deixa o alerta a toda a população que evite o contacto com as vespas, uma vez que estas se têm demonstrado “mais agitadas nesta altura do ano”, factor que pode mesmo colocar em risco a população.

Nas últimas semanas as vespas, que até aqui eram conhecidas por colocarem os seus ninhos no topo das árvores ou em pontos altos, começaram também a fazer os seus ninhos em habitações, ou mesmo no solo e nos silvados, o que pode colocar em risco quem trabalhe na floresta em máquinas ou tractores sem cabine, pelo que “era importante que os trabalhadores utilizassem sempre que possível, máquinas ou tractores de cabine”, salienta Luís Fonseca.

Só no concelho de Coruche os avistamentos de vespas asiáticas ou de ninhos, muitos deles já destruídos, são bastantes, mas ainda assim é importante que a população se mantenha alerta, e que em caso de dúvida, se é ou não uma vespa ou ninho de vespa asiática, a população não deverá actuar, mas sim contactar as entidades de Protecção Civil, Bombeiros ou GNR, que actuarão em conformidade e em segurança.

Um dos maiores erros cometidos pela população é a utilização de armas para destruir os ninhos. Ao destruir um ninho com uma arma de fogo, não se estão a aniquilar as vespas, mas sim a aumentar as possibilidades de estas virem a fazer mais ninhos e em áreas dispersas, uma vez que a técnica utilizada pelas equipas é diferente e essa sim, mata as vespas e destrói o ninho, impossibilitando a sua reprodução.

Em caso de avistamento de um ninho, ou sempre que tenha dúvidas sobre a vespa asiática, deverá contactar a o serviço de Protecção Civil de Coruche pelo 243 610 263, a GNR de Coruche  pelo 243 611 240, ou através do e-mail geral@cm-coruche.pt.