Coruche rejeita competências na área da Acção Social

3 Maio 2021, 12:19 Não Por Redacção

O Município de Coruche rejeitou esta semana as competências na área da Acção Social, por considerar que não se encontram reunidas as condições para o assumir de funções nesta área, substituindo-se ao Estado central.

Apesar de em 2022 estas competências virem de forma automática para os municípios, a autarquia de Coruche espera que até lá o Governo proceda a alterações à Lei que permitam ressarcir as Câmaras Municipais dos verdadeiros gastos que vão advir da admissão das competências na área da Acção Social por parte dos municípios.

Esta decisão tomada em reunião de câmara, foi ratificada também pela Assembleia Municipal da última sexta-feira.