Comitê Disciplinar investiga acontecimentos no UDS x Vitória de Setúbal

29 Maio 2024, 12:26 Não Por André Azevedo

O Comitê Disciplinar da Federação Portuguesa de Futebol instaurou um processo disciplinar de carácter urgente aos acontecimentos no embate entre União de Santarém e Vitória de Setúbal, a contar para a fase de apuramento da subida à Liga 3.

Os sadinos e a equipa de arbitragem, composta por Bruno Costa, Carlos Dias, Bruno Ferreira e Ricardo Martins, foram constituídos arguidos.

O procedimento partiu da participação da equipa escalabitana para a não homologação da partida devido a um erro de arbitragem.

Relembre que já nos descontos (90+6) Caleb, médio sadino, viu o segundo amarelo, enquanto se encaminhava rumo ao banco sadino para ser substituído, não tendo recebido a consequente cartolina vermelha, que só foi mostrada pelo árbitro quando o jogador se encontrava já substituído.

Segundo as regras, a substituição só se encontra consumada quando o jogador que sai está fora de campo e o que entra já cruzou a linha lateral para o interior do terreno. Situação que não terá acontecido nesta partida, significando que o Vitória de Setúbal não poderia terminar o jogo com 11 jogadores em campo.

________________

_____________________