Câmara e organização fazem balanço “extremamente positivo” do Festival de Balonismo de Coruche

Câmara e organização fazem balanço “extremamente positivo” do Festival de Balonismo de Coruche

15 Novembro 2021, 8:33 Não Por João Dinis

Um balanço extremamente positivo”, foram as palavras de Guido Santos e de Susana Cruz, respectivamente o responsável da Windpasseger, empresa organizadora do Festival de Balonismo de Coruche e vereadora da Câmara Municipal de Coruche, sobre a quarta edição do Festival de Balonismo, que terminou este domingo.

Apesar do cansaço visível, Guido Santos estava muito feliz com o resultado final do Festival. “O resultado é muito positivo”, diz-nos, acrescentando que após o terminus deste festival, do qual ainda falta o “arrumar a loja”, se irá já pensar na próxima edição, para a qual “existe muito a fazer, vamos estruturar melhor todo o festival, dar resposta a algumas sugestões das pessoas”.

Sobre a data Guido Santos refere que pessoalmente gosta mais do final do mês de Março, que ainda assim esta também funcionou muito bem, como ficou comprovado, pelo que isso será para já o menos importante.

Também para Susana Cruz, vereadora responsável pelas áreas da cultura e desenvolvimento do Município de Coruche, o balanço é “extremamente positivo a todos os níveis”, “sobretudo pela pelo clima que permitiu que o festival fosse efectivamente um festival à séria, com voos de balão todos os dias de manhã e também ao fim do dia, e também os balões estáticos “.

Outro dos pontos bastante positivos e destacados pela vereadora foi a “afluência que o festival teve, o número de visitantes que veio a Coruche neste fim-de-semana foi extraordinário”.” Acho que nunca tinha visto tanta gente em Coruche a não ser nas nossas tradicionais festas...”, acrescentou, destacando também a feira de artesanato e os espectáculos, como aspectos também bastante positivos do certame.

Também na perspectiva económica este evento foi importante para todos os agentes do concelho. Durante todo o fim-de-semana foi bastante difícil encontrar um restaurante para comer, os alojamentos estiveram todos repletos de visitantes e o parque de caravanismo tinha seguramente mais de 200 veículos.
Quando fazemos os eventos também pensamos sempre na perspectiva do retorno e daquilo que pode proporcionar para a nossa economia”, salienta Susana Cruz, que acrescenta que o município não prepara os eventos só para diversão, mas também com o objectivo de “atrair pessoas para que a nossa economia tenha dinâmica, que a restauração trabalhe, a hotelaria e até o trabalho dos nossos artesãos possa ser vendido e divulgado”.

O Município, que irá agora lançar a campanha de Natal e de apoio ao comércio e restauração local, está já a preparar o próximo ano, e os eventos de grande monta como o Festival Internacional de Balonismo, que será um próximo ano ainda “mais a sério, com outro tipo de organização, para que de facto consigamos responder e corresponder aos visitantes e amantes do balonismo”, conclui a vereadora.