Bravura dos Forcados de Coruche imortalizada com estátua (Com Fotos)

18 Agosto 2021, 3:50 Não Por João Dinis

A Câmara Municipal de Coruche aproveitou o Feriado Municipal para perpectuar na memória de todos a bravura dos Forcados Amadores de Coruche, que este ano cumprem 50 anos de actividade e de bem levar o nome de Coruche a todo o Mundo taurino.

Numa cerimónia simples, mas ainda assim recheada de simbolismo, a autarquia deu a conhecer a estátua que ficará agora junto à Praça de Touros de Coruche e imortalizará todos os que envergaram a jaqueta com as cores dos bravos forcados de Coruche.

Da autoria de Ricardo Crista, a escultura realizada em aço corten, simboliza “força, resistência e poder”, refere o escultor.

Com estreia a 24 de Junho de 1971 nas Caldas da Rainha, e tendo como primeiro cabo João Costa Pereira, o Grupo de Forcados Amadores de Coruche tem honrando o bom nome do forcado amador, não só em Portugal como em Espanha, França, Estados Unidos da América e Canadá, sendo inúmeros os homens que envergaram a sua jaqueta, e que ficam agora perpectuados no monumento.

No acto de inauguração, além dos forcados que actuaram na tradicional Corrida do 17 de Agosto, marcaram também presença a Madrinha do grupo, Fernanda Teles e o Presidente da Câmara Municipal de Coruche, Francisco Oliveira, que salientou a importância do grupo de Coruche na tauromaquia portuguesa e a divulgação feita à vila banhada pelo Sorraia em todas as actuações.

Recorde-se que se encontra patente até 12 de Setembro, a exposição fotográfica alusiva ao cinquentenário do Grupo de Forcados Amadores de Coruche, na Avenida Luís de Camões.