Benavente reduz cobrança de IRS em 2.5% e mantém impostos nos mínimos

30 Novembro 2023, 8:28 Não Por João Dinis

A Câmara Municipal de Benavente definiu esta quarta-feira, em reunião de câmara as taxas a aplicar no próximo ano relativamente à Derrama, IRS e IMI.

O Presidente da Câmara Municipal de Benavente, Carlos Coutinho (CDU), deu especial destaque à taxa de IRS, que a autarquia irá baixar de 5 para 2.5%, num claro sinal de apoio às famílias e que retirará dos cofres da autarquia cerca de 900 mil euros.

“Dada a situação extremamente difícil que se espera que as famílias venham a passar, este é um apoio transversal a todas as famílias que a autarquia irá dar”, salientou o autarca, que anunciou que esta significativa redução foi acertada com o Partido Socialista durante as negociações do Orçamento Municipal.

A CDU pretendia reduzir a taxa de IRS em 1.4%, correspondendo a um valor de cerca de 500 mil euros, mas durante as “difíceis negociações” os partidos chegaram aos 2.5%, com Carlos Coutinho a lamentar que o PS “não tenha no Governo do país a mesma postura que teve em Benavente e tenha aprovado o Orçamento de Estado com impostos penalizadores para as famílias.

A Derrama, imposto que incide sobre o lucro das empresas manter-se-á nos 0.01% para as empresas com lucros abaixo dos 150 mil euros, “e para fins meramente estatísticos”, e de 1.5% para as empresas com lucros superiores a 150 mil euros.

A taxa de IMI manter-se-á no valor mínimo de 0.30%. O autarca referiu ainda que a autarquia não irá implementar o IMI Familiar, uma vez que não consideram essa uma aposta nas famílias, tendo por isso preferido reduzir a taxa de IRS, essa sim correspondendo a todas as famílias.

Todas as taxas foram aprovadas por unanimidade.

________________

________________________