Barragens em mínimos também no Vale do Sorraia gastaram mais de 10% da água armazenada num mês

4 Agosto 2022, 15:47 Não Por Redacção

As três barragens que abastecem o Vale do Sorraia, Maranhão, Montargil e Magos, estão a exemplo de todas as albufeiras nacionais a atingir níveis preocupantes do abastecimento de água, o que leva as entidades a gerirem cuidadosamente os abastecimentos de água, sobretudo para a agricultura.

No último mês o consumo de água das barragens fez com que estas tenham visto descer os seus níveis de armazenamento em mais de 10%, o que coloca todas as albufeiras abaixo dos 50% da sua capacidade.

O Maranhão, a maior albufeira de abastecimento do Vale do Sorraia tem agora apenas 31.7% da sua capacidade ocupada, tendo sido gastos 11,8% da sua capacidade durante o mês de Julho.

A Barragem de Montargil regista agora 49,4% da sua capacidade inundada, quando no mês transacto tinha 60,7% da sua área ocupada com água.

A mais pequena das três, a de Magos, tem agora 34,6% da sua capacidade ocupada, sendo aquela que maior percentagem de água perdeu no último mês, 12,4%.

__________________________________________________________________________________________