Assembleia Municipal recomenda à Câmara que acelere atribuição do subsídio de insalubridade e penosidade aos trabalhadores

2 Maio 2021, 20:51 Não Por João Dinis

A Assembleia Municipal de Coruche, que se realizou na última sexta-feira, 30 de Abril, aprovou por unanimidade uma recomendação à Câmara Municipal de Coruche, que acelere a atribuição do subsídio de insalubridade e penosidade aos trabalhadores da carreira geral de assistente operacional em áreas como a da recolha e tratamento de resíduos, tratamento de efluentes, higiene urbana, saneamento, procedimentos de inumações, exumações, trasladações, abertura e aterro de sepulturas.

A moção aprovada por unanimidade foi apresentada pela bancada da CDU, que pretende assim o que o município possa atribuir quanto antes este subsídio, com um valor aproximado a 5 euros/dia, no menor espaço de tempo possível, fazendo assim alguma justiça para com os trabalhadores municipais que diariamente cuidam do concelho de Coruche.

A atribuição far-se-á sempre com retroactivos ao mês de Janeiro, de acordo com a Lei que aprovou o Orçamento de Estado para 2021.

A Câmara Municipal de Coruche tem ainda que cumprir todas as formalidades legais, de modo a poder iniciar o pagamento deste mesmo subsídio.

No Vale do Sorraia apenas a Câmara Municipal de Mora implementou já o pagamento do subsídio de insalubridade e penosidade.