Ameaçava ex-mulher com mensagens e fica com pulseira electrónica em Mora

27 Setembro 2022, 12:38 Não Por Redacção

Um homem com 51 anos está agora obrigado a utilizar uma pulseira electrónica, depois de ter ameaçado repetidamente a sua ex-mulher, de 54 anos, em Mora.

De acordo com a GNR, que investigou o caso, os militares apuraram, que o arguido, com antecedentes criminais por violência doméstica, “importunava a vítima” através do envio de “mensagens telefónicas”, o que lhe provocava medo e inqueitação.

Durante as diligências efectuadas pela GNR de Mora, com o apoio do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vitimas Especificas (NIAVE) de Évora foram apreendidos quatro telemóveis, um cartão SIM, cinco cartões de memória, uma arma de ar comprimido e uma arma branca.

Presente ao Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Évora, no passado dia 21, foi-lhe aplicada a medida de coação de proibição de contactar, por qualquer forma ou meio, com a vítima, bem como o afastamento da mesma, não podendo aproximarem-se num raio de 600 metros, com recurso a pulseira electrónica.

______________________________________

_______________________________________________________________