Águas do Ribatejo celebra Dia Nacional da Água com anúncio de parceria inovadora

1 Outubro 2021, 16:48 Não Por Redacção

A Águas do Ribatejo, celebrou esta sexta-feira, o Dia Nacional da Água, assinalado em Portugal desde 1 de Outubro de 1983, anunciando uma parceria inovadora e que reflecte a qualidade do serviço prestado aos consumidores.

Segundo a empresa que é responsável pela distribuição de água da rede pública nos concelhos de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Salvaterra de Magos e Torres Novas a data é mais uma oportunidade para se refletir sobre a importância deste recurso e para um uso mais eficiente da água, consciencializando para o seu valor em todas as suas dimensões – social, ambiental e económica.

Tendo consciência das dificuldades cada vez maiores em capturar água em pouca profundidade, a Águas do Ribatejo anuncia que é é uma das três entidades nacionais envolvidas no projecto AQUIFER – Instrumentos inovadores para a gestão integrada de águas subterrâneas num contexto de escassez crescente de recursos hídricos.

O Instituto Superior de Agronomia e a Parceria Portuguesa para a Água são as duas entidades portuguesas ao lado de quatro parceiros espanhóis e dois franceses, num projecto denominado AQUIFER que prevê a sua conclusão até 30 de Abril de 2023, com um investimento global previsto de 1,6 milhões de euros financiado pelo FEDER.

Num contexto de crescente escassez de recursos hídricos, o AQUIFER visa capitalizar, testar, disseminar e transferir práticas inovadoras para a preservação, monitorização e gestão integrada de aquíferos. Pretende-se desenvolver ferramentas e estratégias que ajudem na tomada de decisões sobre a gestão dos recursos hídricos subterrâneos, melhorando a transferência de tecnologia para agentes locais e criando novas sinergias.

O plano de ação prevê que a maior parte dos ensaios e trabalhos a realizar em Portugal ocorram na área de influência da Águas do Ribatejo nomeadamente nas margens dos rios Tejo e Sorraia e no território envolvente da Bacia Hidrográfica do Tejo.

Serão testadas práticas inovadoras de preservação ambiental e gestão de águas subterrâneas, para os diferentes usos existentes: ambientais, consumo humano, agrícolas e industriais.

O uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) para monitorizar os aquíferos e as relações com rios e zonas húmidas é outro objetivo.

O projeto AQUIFER inova com uma visão do problema como um todo e pretende alargar a participação a players dos vários setores de atividade que possam dar contributos para a sua evolução positiva.

Está prevista a organização de seminários e conferências para capitalizar as inovações e a divulgação de documentos de síntese e fichas práticas junto de todos os potenciais atores que serão identificados na área, sejam instituições, empresas do setor da água ou utilizadores.


Fotografia: Direitos Reservados