8200 pessoas sem médico de família em Benavente e solução pode estar fora do país

8200 pessoas sem médico de família em Benavente e solução pode estar fora do país

16 Novembro 2021, 10:45 Não Por João Dinis

Mais de 8 mil pessoas estão sem médico de família no concelho de Benavente, sobretudo nas freguesias de Benavente, Santo Estevão e Barrosa, que são servidas pelo Centro de Saúde de Benavente, onde a carência de clínicos é um problema há longos meses.

Os números foram avançados por Carlos Coutinho, Presidente da Câmara Municipal de Benavente, esta segunda-feira, que salientou ainda que “possivelmente a solução está em ir buscar médicos ao estrangeiro”, dando mesmo o exemplo de uma médica cubana que se encontra há alguns anos em Benavente.

O autarca referiu que deu conta das suas preocupações à Ministra da Saúde, na recente reunião onde foram debatidos os problemas do Hospital de Vila Franca de Xira, e que esta reconheceu os problemas, mas que também não conseguiu apresentar qualquer solução, uma vez que a falta de médicos afecta todo o país, numa situação que Carlos Coutinho considera inaceitável.

Actualmente o Centro de Saúde de Benavente tem dois médicos a tempo inteiro, contando ainda com o apoio dos médicos tarefeiros, que garantindo o Serviço de Atendimento Permanente (SAP), são muitas vezes o único auxílio da população.

Na próxima semana o município irá reunir com mais um médico, na tentativa de o aliciar a vir trabalhar para Benavente, podendo também este vir já a auferir das condições do programa de incentivos de captação de médicos criando pela Câmara Municipal de Benavente, anunciou ainda o autarca.